APRESENTAÇÃO DO CANAL

A Galáxia Anel em Volans!

segunda-feira, 20 de abril de 2015.
Como poderia uma galáxia ter a forma de um anel? 

A borda da galáxia, em azul na foto, à direita, é uma imensa estrutura em forma de anel com 150.000 anos-luz de diâmetro, composta por recém-formadas, extremamente brilhantes, estrelas de grande massa. 

Essa galáxia, AM 0644-741, é conhecida como uma galáxia anel e foi formada por uma imensa colisão galáctica. 

Quando galáxias colidem, elas 'passam" uma pela outra, mas suas estrelas individuais "raramente" entram em contato umas com as outras. 

A forma de anel é o resultado da perturbação gravitacional causada por uma pequena galáxia intrusa que passa através de uma grande. 

Quando isso acontece, gases e poeiras interestelares se tornam condensados, causando uma onda de formação de estrelas desenfreada, dominada por jovens, massivas e quentes estrelas azuis, que se expande a partir do ponto de impacto, como uma ondulação em toda a superfície de uma lagoa. 

As regiões rosa ao longo do anel são nuvens rarefeitas de gás hidrogênio brilhante que é fluorescente, uma vez que é bombardeado com a forte luz ultravioleta das estrelas azuis. 

A galáxia anel AM 0644-741 é uma lenticular "unbarred" que fica a cerca de 300 milhões de anos-luz de distância na direção da constelação do sul Peixe Voador (Volans).

Modelos de Simulação Galácticos sugerem que o anel de AM 0644-741 continuará a se expandir por cerca de outros 300 milhões de anos até que vai começar a se desintegrar.

Crédito da Imagem: Hubble Heritage Team (AURA / STScI), J. Higdon (Cornell) ESA, NASA

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |