APRESENTAÇÃO DO CANAL

Você sabia? Que nosso Sistema Solar viaja, em uma órbita, ao redor do centro da Via Láctea? Saiba mais sobre nossa linda Galáxia!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014.

capture-20140210-094233A palavra “via láctea”  provém de uma palavra grega que significa "caminho leitoso".

A faixa branca de luz no céu noturno, a que chamamos Via Láctea, foi observada e descrita poeticamente muito antes de Galileu examiná-la com um pequeno telescópio.

O que ele descobriu foi uma multidão de estrelas individuais, "tão numerosas como quase a ultrapassar crença”.

Hoje, sabemos que a Via Láctea é a nossa galáxia, o nosso lar, uma  grande espiral de gás e  poeira, com centenas de bilhões de estrelas.

O Sol, e seu sistema planetário, situado na imagem abaixo (veja em  “sun”), foi formado nos confins da Via Láctea há 4,5 bilhões de anos atrás.

milkywayside1_med_textO nosso sistema solar, que contém o Sol e os planetas, está a cerca de 2/3 do caminho, do centro da Galáxia até sua borda externa.

O sistema solar viaja em uma órbita, ao redor do centro da galáxia, a uma velocidade de algumas centenas de quilômetros por segundo, completando uma órbita ao redor do centro da Via Láctea a cada 230 milhões de anos.

Além disso, o sistema solar está se movendo a cerca de 20 quilômetros por segundo em relação às estrelas próximas.

Atualmente, o sistema solar está se dirigindo para fora da galáxia, mas a atração gravitacional das estrelas no plano galáctico acabará por fazer-lhe “parar” e se “alinhar” novamente para o plano galáctico.

No centro da galáxia  existe  um  bojo galáctico em forma de barra, que abriga um buraco negro supermaciço, com uma massa igual de cerca de 4 milhões de sóis.

Em torno do núcleo central existe um disco relativamente fino de estrelas, com  cerca de dois mil anos-luz de espessura e 100.000 anos-luz de diâmetro.

Quase todas as estrelas vistas pelo olho humano estão no disco fino, que responde por cerca de 90% da luz visível na Via Láctea.

Pensa-se que as várias componentes da nossa Galáxia foram reunidas há 12 bilhões de anos atrás, através de uma sucessão de fusões que continuam até hoje.

Nuvens de gás são observadas, e parecem estar  “caindo” em nossa galáxia, e evidências recentes indicam que uma pequena galáxia localizada no lado mais distante da Via Láctea, está sendo dilacerada e assimilada pela galáxia.

Estes processos enfatizam que a Via Láctea não é um “universo ilha”, mas um membro de um pequeno aglomerado de galáxias chamado Grupo Local.

milkyway_localgroup_med

O Grupo Local contém cerca de 3 dezenas de galáxias conhecidas, aglutinadas em dois subgrupos em torno de duas galáxias  em espiral - a Via Láctea e a galáxia de Andrômeda .

A nossa galáxia também está viajando pelo espaço, dentro do grupo local de galáxias, e sua velocidade é de centenas de quilômetros por segundo.

Em vários bilhões de anos, é possível que a Via Láctea e Andrômeda se colidam e se fundam, para formar uma única e enorme galáxia elíptica, portanto aproveite a Via Láctea, enquanto você pode!

Créditos:

Ilustração: Chandra/CXC/M.Weiss;

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |