APRESENTAÇÃO DO CANAL

Você Sabia? Que existem 17 bilhões de “Terras” na Via Láctea?

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014.
543913_480205685358754_99145264_nDe acordo com os últimos resultados do telescópio espacial Kepler, os astrônomos puderam estimar que 17% das estrelas da Via Láctea, 1  a cada  6 estrelas, têm planetas, um companheiro exo-planeta,  do tamanho da Terra, com órbitas de 85 dias ou menos, em torno de suas estrelas.
Isto significa que existam pelo menos 17 bilhões de mundos semelhantes à Terra, na nossa galáxia, a Via Láctea.
Para se ter uma ideia, só na nossa galáxia existem em torno de 100 bilhões de estrelas.
A nossa própria estrela, por exemplo, tem dois mundos do tamanho da Terra, a própria Terra e o planeta inabitável Vênus, com sua espessa atmosfera de dióxido de carbono e uma temperatura de superfície de 465 º C (870 graus F).
Já, os grandes planetas gigantes gasosos do tamanho de Netuno ou Júpiter são muito menos comuns do que os mundos do tamanho da Terra.
O estudo concluiu que 17 por cento de todas as estrelas, provavelmente, tem um exo-planeta, uma “exo-Terra” (um planeta com 0,8-1,25 vezes o tamanho da Terra) em uma órbita de 85 dias ou menos da Terra.
E que cerca de uma em cada quatro estrelas têm uma super-Terra (1,25 a 2 vezes o tamanho da Terra) em uma órbita de 150 dias ou menos.
O mesmo número de estrelas têm um mini-Netuno (2 a 4 vezes o tamanho da Terra numa órbita de 250 dias ou menos).
Porém, os planetas maiores são muito mais raros. Três por cento dos astros têm um grande Netuno (4 a 6 vezes o tamanho da Terra,  e 5 por cento têm um gigante de gás (6-22 vezes o tamanho da Terra) em uma órbita de 400 dias ou menos.
Provavelmente, há muitos mais planetas se movendo em órbitas maiores,  do  que o telescópio Kepler  pôde detectar.
É interessante notar que estes não são necessariamente os planetas da zona habitável de sua estrela.
A zona habitável de seus Sóis, é definida como o intervalo de distância a partir de uma estrela, onde a temperatura da superfície de um planeta em órbita, podem ser adequados para a existência de água na forma líquida.
Para alguns de nós, quando éramos crianças, tínhamos ciência da existência de apenas 9 planetas (ou 8, dependendo de Plutão).
Nós não tínhamos nenhuma evidência, zero de evidência, de que qualquer outra estrela no universo tivesse planetas.
Tudo isso ocorreu por causa da curiosidade humana!
A pesquisa foi feita pelo Centro de Astrofísica “ Harvard-Smithsonian”.
A missão do Kepler é determinar qual a percentagem de estrelas, como o nosso Sol, que possuam pequenos planetas ao seu redor, que tenham o tamanho e a temperatura aproximada com a existente na Terra.

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |