APRESENTAÇÃO DO CANAL

Uma "Ilha Universo” dos Cães de Caça!

sexta-feira, 1 de novembro de 2013.
m106_lumhst_colorablock_red1
M106, ou NGC 4258, é uma galáxia espiral muito grande e brilhante, que pode ser observada com binóculos. Ela é um exemplo próximo da classe de galáxias ativas Seyfert, que são vistas em todo o espectro de rádio e de raios-x. 

Em observações com telescópios médios, pode-se observar em seu núcleo uma grande região mosqueada (sarapintada), cercada por uma fraca auréola. 

Com maiores telescópios e com o céu escuro, M106 parece mais uma “Ilha Universo'”, uma espiral com 30 mil anos-luz.

Em fotografias, já é possível observar que seus braços espirais, contêm jovem aglomerados de estrelas azuis, e berçários estelares avermelhados em suas extremidades. 

No centro da galáxia, supõe-se que exista um buraco negro, gigante com 35 milhões de massas solares. 

Esta “Maravilha Celeste”, foi descoberta pelo astrônomo francês Pierre Méchain, em 1.781, e posteriormente Charles Messier a incluiu em seu catálogo. Possui 9,5 de magnitude visual, e está localizada a 21 milhões de anos-luz da Terra, na constelação dos Cães de Caça (Canes Venatici).

Crédito da Imagem: Composição da Imagem- Hubble Legacy Archive; Adrian Zsilavec, Michelle Qualls, Adam Block / NOAO / AURA / NSF.
Processamento - André van der Hoeven.

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |