APRESENTAÇÃO DO CANAL

Uma Espiral Anêmica!

terça-feira, 26 de novembro de 2013.
ngc4921_colombari_960
NGC 4921 é uma galáxia espiral barrada pertencente ao aglomerado Coma (Abell 1656) , um grande aglomerado de galáxias que contém em torno de 1000 galáxias identificadas, localizado na constelação boreal da Cabeleira de Berenice (Coma Berenices), a cerca de 320 milhões de anos-luz da Terra. 

A galáxia tem um núcleo com uma estrutura barrada, que está cercado por um anel distinto de poeira, que contém “estrelas bebês”, azuis e quentes, recentemente formadas.

A parte externa é composta por braços espirais extraordinariamente suaves , mal demarcados.

Em 1976, o astrônomo canadense Sidney van den Bergh, caracterizou esta galáxia, como "anêmica", por causa da baixa taxa com que as estrelas estão sendo formadas. 

Ele observou que ela tem "um brilho excepcionalmente pequeno e exibe notáveis braços espirais difusos".

No entanto, NGC 4921 é a galáxia espiral mais brilhante do aglomerado de Coma, e está localizada perto do centro do grupo de galáxias do aglomerado. Além disto, tem uma velocidade relativa elevada (7.560 km/s), em comparação com a velocidade média do aglomerado.

Em 4 de maio de 1959, uma explosão de supernova foi observada nesta galáxia, pelo M.L. Humason, através do Observatório Palomar, localizado na cidade de San Diego, Califórnia . 

Ela foi detectada "longe do centro" da galáxia, e atingiu um pico de magnitude estimada de 18,5. 

Sua curva de luz teve significativas semelhanças a supernova SN 1987a, que ocorreu na Grande Nuvem de Magalhães , e exibiu "um incomum comportamento fotométrico".

Crédito da Imagem: Dados do “Hubble Legacy Archive”, ESA, NASA; Processamento- Roberto Colombari.

1 Comentário:

Charles disse...

Estou apaixonado pelo site. Ótimo trabalho

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |