APRESENTAÇÃO DO CANAL

O Olho do Mal!

sexta-feira, 11 de outubro de 2013.
An Abrasive Collision Gives One Galaxy a "Black Eye"
Uma colisão abrasiva entre duas galáxias deixou um sistema de estrelas “fundido” e com uma aparência incomum, bem como seus movimentos internos se tornaram totalmente estranhos. 

O resultado desta colisão gerou uma galáxia que tem uma faixa escura espetacular de poeira absorvente na frente de seu núcleo brilhante, dando origem a seus apelidos "Olho Negro" ou "Olho do Mal".

Para entender melhor:

M64 ou NGC 4826, popularmente conhecida como “The Black Eye Galaxy” que significa “A Galáxia Olho Negro”, foi descoberta por Edward Pigott em 23 de Março de 1.779 e um ano mais tarde, em 01 de Março de 1.780, foi catalogada por Charles Messier.

É uma brilhante e bonita galáxia espiral, com magnitude visual de 9,0, que está situada a aproximadamente 18 milhões de anos-luz da Terra, na constelação da Cabelereira de Berenice (Coma Berenices) . 

O nome popular “A Galáxia Olho Negro” é proveniente da presença de uma nuvem negra que está situada ao longo da região central de M64, que foi descoberta e já comparada a um “olho negro” por William Herschel entre os anos de 1.785 e 1.779. Esta nuvem é uma enorme e obscura nuvem de poeira associada a uma região de formação de estrelas que concede a M64 a aparência de um olho negro. 

Estudos atuais mostram que M64 é composta de dois sistemas concêntricos de contra-rotação de estrelas, sendo uma localizada mais no interior a aproximadamente 3.000 anos-luz e a outra se estende a 40.000 anos-luz sendo que ambas têm movimento de rotação em direções opostas. 

Para observar a peculiar nuvem negra de M64 não é uma tarefa fácil, pois é preciso uma combinação de céu escuro com um telescópio de alta magnificência para detectá-la.

Curiosamente, M64 também é chamada algumas vezes de “Sleeping Beauty Galaxy” que significa “Galáxia Bela Adormecida”. 

Crédito: NASA/ESA and The Hubble Heritage Team (AURA/STScI)

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |