APRESENTAÇÃO DO CANAL

Uma Espiral na Bomba de Ar!

terça-feira, 10 de setembro de 2013.
A spiral in the Air Pump


Situada a mais de 110 milhões de anos-luz de distância da Terra na constelação de Antlia (a bomba de ar), a galáxia espiral IC 2560, foi capturada em uma imagem do telescópio Espacial da NASA / ESA. 

A esta distância pode se considerar que IC 2560 é uma galáxia espiral situada relativamente perto, e faz parte do aglomerado Antlia - um grupo de mais de 200 galáxias, mantidas juntas pela gravidade.

Esse aglomerado é incomum, diferente da maioria dos outros aglomerados de galáxias, parece não ter galáxia dominante dentro dele.

Nesta imagem, é fácil identificar os braços espirais da IC 2560 e sua estrutura barrada. Esta espiral é o que os astrônomos chamam de uma galáxia Seyfert-2, um tipo de galáxia espiral caracterizada por um núcleo extremamente brilhante e linhas de emissão muito fortes de certos elementos - hidrogênio, hélio, nitrogênio e oxigênio. 

O centro brilhante da galáxia pode ter sido causado pela ejeção de enormes quantidades de gás super-quente da região em torno de um buraco negro central.

Há uma história por trás do nome desta peculiar constelação. Antlia foi originalmente chamada de Antlia Pneumática pelo astrônomo francês Abbé Nicolas Louis de Lacaille, em homenagem a invenção da bomba de ar, no século 17.

Crédito: Telescópio Espacial Hubble / Agência Espacial Européia e NASA

1 Comentário:

As Maravilhas do Céu Estrelado disse...

Galáxia Seyfert - Um outro exemplo de uma galáxia Seyfert do tipo II é a M77 localizada na constelação de Cetus. É a única galáxia deste tipo do catálogo Messier. É a mais próxima e a mais brilhante representação desta classe de galáxias ativas.O centro de M77 possui um objeto central, do qual é responsável pela atividade Seyfert, que tem aproximadamente 10 milhões de massas solares e que pode ser possivelmente um buraco negro.
Galáxias chamadas “Seyfert” tem um núcleo particularmente brilhante cujo produto de sua luz varia com tempo. Estes tipos de galáxia Seyfert foram reconhecidas por Carl K. Seyfert em 1.943, e é de onde provém seus nomes.

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |