APRESENTAÇÃO DO CANAL

O Olho do Gato Interestelar!

quinta-feira, 19 de setembro de 2013.
A Nebulosa Olho de Gato (NGC 6543) é uma das primeiras nebulosas planetárias descobertas, e também tem a forma mais complexa conhecida para este tipo de nebulosa. 

Podendo ser chamada também de “O Senhor dos Anéis”, já que onze anéis de gás formam o Olho do Gato.
Esta composição de dados do Observatório de Raio-X Chandra e do Telescópio Espacial Hubble, da foto ao lado, dão um novo “look” para a Nebulosa Olho de 
Gato (Cat’s Eye Nebula).

Este famoso objeto é também chamado de nebulosa planetária e representa uma fase de evolução estelar que o nosso Sol poderia experimentar daqui a diversos bilhões de anos. Quando uma estrela como o nosso Sol começa a esgotar o seu combustível, e torna-se uma gigante vermelha.

Nesta fase, as estrelas lançam para fora suas camadas, eventualmente deixando para trás um núcleo quente que colapsa e forma uma estrela anã branca. Um vento rápido que emana do núcleo quente transforma a atmosfera ejetada, a empurra para fora, e cria umas estruturas graciosas de filamentos que podem ser vistas com telescópios ópticos.

Os dados de Raio-X do Chandra na imagem, em azul, mostram que a estrela central está cercada por uma nuvem de gás com vário milhões de graus. Em comparação com a luz ótica, vista pelo Hubble, estas estruturas estão em vermelho e roxo.

No caso da Nebulosa Olho de Gato, o material é expelido pela estrela há uma velocidade de 4 milhões de milhas por hora.

Espera-se que a estrela se colapse e torne-se uma estrela anã branca em poucos milhões de anos.

A Nebulosa Olho de Gato está localizada na constelação do Dragão (Draco) a 3000 anos luz de nós.


Crédito da Imagem (Hubble): NASA, ESA, HEIC, and The Hubble Heritage Team (STScI/AURA);
Crédito da Imagem (Chandra): NASA/CXC/SAO; Optical: NASA/STScI.

1 Comentário:

As Maravilhas do Céu Estrelado disse...

Como uma nebulosa planetária é formada?

Quando uma estrela como nosso Sol torna-se uma estrela gigante vermelha e lança suas camadas exteriores.

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |