APRESENTAÇÃO DO CANAL

NASA lança uma sonda não-tripulada à Lua ! Veja o lançamento!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013.
ladee-launch

Na sexta-feira (06/09), a NASA fez um lançamento histórico! Enviou uma sonda não-tripulada à Lua para estudar (algo que você pode pensar que não existe…): a atmosfera da Lua.

Às 23:27, a Ladee (Atmosfera Lunar and Dust Environment Explorer) decolou do Mid-Atlantic Regional Spaceport na Virgínia.

A sonda não tripulada está agora em uma viagem de 30 dias para a Lua, onde irá estudar a atmosfera quase inexistente do satélite.


Esta é a primeira missão lunar a ser lançada a partir da Ilha Wallops, e as condições claras deu aos espectadores da costa leste dos EUA um show espetacular.

Viagem à Lua

Ladee está atualmente na fase de “Faseamento de Órbitas” da missão. Ao contrário da missão Apollo, onde a nave foi impulsionada em um gigantesco foguete Saturno V e enviado diretamente para a Lua em três dias, Ladee irá executar uma série de órbitas altamente elípticas e usar a gravidade da Terra com estilingue para uma interceptação com a Lua, que vai levar cerca de 30 dias para ser concluído.

Impressão de artista mostrando a Ladee e a Lua ao fundo
(Imagem: NASA)
Uma vez que atinja a Lua, Ladee disparará seus motores durante três minutos para entrar em órbita lunar (com fogos subseqüentes). E em seguida entrará em uma órbita circular de 156 milhas (250 km) acima da superfície lunar onde vai circundar a Lua uma vez a cada duas horas.

Depois disso, Ladee entrará na sua fase de comissionamento, durante a qual vai passar por um check-out de 40 dias de seu equipamento e realizar a LLCD (Lunar Laser Communications Demonstration), experimento para demonstrar o uso de lasers para a comunicação de alta velocidade com a Terra. Nos últimos dez dias de funcionamento, a sonda irá reduzir sua órbita em 46,6 milhas (75 km).


Gráfico que mostra a programação completa da missão da Ladee
(Imagem: NASA)
O maior problema orbital é que o campo gravitacional da Lua é muito desigual, o que significa que, para manter uma órbita precisa em tão baixa altitude vai exigir uma série de disparos de foguetes, o que limitará a missão a apenas cerca de 160 dias, incluindo 100 dias da Fase de Ciência.

A Lua tem quase nenhuma atmosfera, o que é uma condição que ela compartilha com a maioria das luas do Sistema Solar.

Isso faz com que a atmosfera lunar, que é o tipo mais comum, seja extremamente interessante para os cientistas que tentam entender ambientes em geral.

Os principais objetivos da missão dos EUA que custou $ 280.000.000, será estudar a densidade global, composição, e qualquer variabilidade espacial e temporal da atmosfera lunar, a presença e a natureza de poeira na atmosfera, e o tamanho, carga e distribuição espacial dos grãos de poeira eletrostaticamente transportados. Estes últimos são de particular interesse, uma vez que têm um impacto sobre a futura exploração lunar e a astronomia baseada na Lua.

Impressão de artista mostrando a Ladee com seus foguetes acionados
(Imagem: NASA)

A fase final da missão Ladee é a Desmobilização. Quando a sonda esgotará seu combustível, e não será mais capaz de manter uma órbita estável.

Após a transmissão do último relatório de dados, a espaçonave ficará offline e receberá a permissão para fazer uma queda descontrolada após decaimento orbital natural.

O vídeo abaixo mostra o lançamento Ladee da Ilha Wallops, e o seguinte uma animação mostrando Ladee em órbita.











Crédito da animação: NASA Ames/Dana Berry

Fonte: NASA

Comentários:

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |