APRESENTAÇÃO DO CANAL

A Dança das Galáxias

terça-feira, 13 de agosto de 2013.
Na direção da constelação do Cão Maior (Canis Major), duas galáxias espirais passam uma pela outra como se fossem majestosas naves desfilando pela noite. 

A galáxia maior e a mais maciça é catalogada como NGC 2207 (à esquerda na imagem do Hubble Heritage), e a menor à direita é a IC 2163. Estas duas galáxias estão cada uma orbitando e distorcendo, por meio da força de maré gravitacional, a outra, arremessando para fora estrelas e gás em longas serpentinas que se estendem por cem mil anos-luz na direção da borda direita da imagem.

O encontro entre as duas se deu há aproximadamente 40 milhões de anos, quando uma estava perpendicular a outra.

Crédito: Telescópio Espacial Hubble da NASA

1 Comentário:

As Maravilhas do Céu Estrelado disse...

Quando duas galáxias colidem, suas estrelas inicialmente passam umas pelas outras, mas o gás e a poeira interestelares colidem violentamente, ou retirando o gás e a poeira das galáxias ou dando início à formação estelar prolífica (formação em abundância). Os efeitos gravitacionais de uma colisão galáctica podem lançar estrelas para fora de suas galáxias em direção ao espaço intergaláctico.

Postar um comentário

Olá! Fique a vontade para comentar!

 
As Maravilhas do Céu Estrelado © 2005 - todos os direitos reservados para o autor: Engº João Batista Salgado Loureiro | Template By Mundo B |